Notícias

Câmara aprova projetos que instituem adicional por nível universitário a servidores

Visualize fotos

Câmara aprova projetos que instituem adicional por nível universitário a servidores

A Câmara Municipal aprovou dois projetos de lei complementar, ambos de autoria do Executivo, que instituem duas faixas de adicional por nível universitário aos servidores públicos da Prefeitura, de 10% e 20%. Os projetos (números 02/2018 e 03/2018) foram aprovados na noite desta quarta-feira, depois que foi retomada a 18a sessão extraordinária, que fora suspensa um dia antes.

O projeto de lei complementar 002/2018 alterou a Lei Complementar 181/2007, que passou a vigorar com as seguintes alterações: “Art. 122A – Ao servidor público municipal titular do cargo efetivo, portador de títulos de graduação em curso superior, que se relacionem com a natureza e as atribuições do cargo que exerça, será concedido adicional de nível universitário no valor de 20% do valor do vencimento-base do cargo efetivo de que é titular, exceto nos casos em que se exija como registro para investidura curso de nível superior.”

Também recebeu nova redação o parágrafo 1o do Art. 122A - “No caso em que a graduação em curso superior não se relacionar com a natureza e as atribuções do cargo, o adicional de nível universitário será concedido no valor de 10% do valor do vencimento-base do cargo efetivo de que é titular.”

Já o projeto de lei complementar 003/2018 alterou dispositivos da Lei Complementar 181/2007 e da Lei Complementar 182/2007, ou seja, realocou as especialidades de cada um dos respectivos cargos e atribuições conforme o Anexo publicado.

Os dois projetos de lei se fizeram necessários em razão de sentença expedida pelo Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, que julgou inconstitucional o adicional de nível universitário. Ambos os projetos de lei complementar foram aprovados com 10 votos favoráveis – embora alguns vereadores destacassem que foram enviados à Casa “em cima da hora.

Além disso, os parlamentares municipais também criticaram a mudança no texto da lei que, segundo eles, estava em desacordo com o texto do anteprojeto. Neste, o Art. 16 fazia referência à nomeação de uma Comissão de funcionários públicos para discutir a questão do adicional por nível universitário – texto que foi suprimido no projeto de lei protocolado e, afinal, votado na noite de quarta-feira, 25.

O plenário da Câmara, assim como já havia acontecido na noite anterior, tornou a receber dezenas de servidores públicos municipais para acompanhar os trabalhos. O grupo queria, também, que os projetos de lei fossem rejeitados pelos vereadores, enquanto o funcionalismo negociaria com os gestores a situação em cada departamento.

Por sua vez, a Prefeitura distribuiu panfletos em que explicava a situação e trazia exemplos de salários a partir da aprovação dos projetos de lei enviados. No mesmo panfleto, o texto garantia “que todas as formas de progressões na carreira estão mantidas.”

O presidente da Câmara, Silso das Neves (PRB), ao lado dos demais colegas, se colocou junto com todos os vereadores à disposição do funcionalismo para seguir acompanhando o caso e dialogando com os gestores públicos municipais se e quando for o caso.

CMVP

 




Publicado em: 24 de abril de 2018

Publicado por: Câmara

Cadastre-se e receba notícias em seu email

Categoria: Notícias da Câmara




Fique por dentro

Outras Notícias

Várzea Paulista na fase laranja do isolamento: comércio funciona 6 horas por dia, com 20% da capacidade

02 de junho de 2020

Seguindo o planejamento do Governo do Estado de São Paulo, Várzea Paulista entrou na fase Laranja do isolamento social. Além dos serviços essenciais, a partir desta segunda-feira (1) começaram a fu...

Leia Mais

Câmara aprova PL que suspende vistorias do INMETRO durante a pandemia

28 de maio de 2020

A Câmara Municipal de Várzea Paulista aprovou, na manhã desta quinta-feira (28), em sessão extraordinária, o Projeto de Lei 99/2020 do Executivo, que prevê a isenção da obrigatoriedade apresentação...

Leia Mais

Cooperação em medidas de prevenção da Covid-19 precisa aumentar em Várzea Paulista

27 de maio de 2020

De acordo com a avaliação da coordenadora da Vigilância Sanitária de Várzea Paulista, Adriana Camargo, é preciso mais conscientização de comerciantes e população, na prevenção de pandemia de corona...

Leia Mais

Governo de SP prorroga quarentena por 15 dias, com abertura progressiva em diferentes regiões do estado

27 de maio de 2020

O governo de São Paulo anunciou, no início da tarde desta quarta-feira (27), a prorrogação da quarentena no estado por 15 dias, com flexibilizações progressivas, que serão feitas levando em conta a...

Leia Mais

Começam os exames para Covid-19 em Várzea Paulista, com os 1.500 testes comprados pela prefeitura

21 de maio de 2020

A Prefeitura de Várzea Paulista recebe a segunda entrada de testes rápidos para Covid-19 nesta sexta-feira (15), sendo 1.500 unidades adquiridos com verba federal vinda exclusivamente para o combat...

Leia Mais

Para aumentar isolamento, Governo de SP quer antecipar feriado de 9 de julho para próxima segunda-feira

19 de maio de 2020

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), encaminhou nesta segunda-feira (18), para a Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp), a proposta de antecipar o feriado estadual de 9 de julho para...

Leia Mais